Fonoaudiologia

Fonoaudiólogo(a) trata alterações na fala, audição, voz, motricidade oral, disfagia, escrita ou leitura. Pode atuar em parceria com fisioterapeutas, otorrinolaringologistas, nutricionistas, pediatras, neurologistas e psicólogos. Auxilia profissionais que utilizam a voz, como cantores, radialistas e atores.



Alguns exemplos
:

Audiologia

Por meio da audição é que se adquire, normalmente, a comunicação oral. Doenças na gestação, infecções de ouvido, uso indiscriminado de medicamentos, exposição a ruídos intensos e outros podem causar alterações auditivas, comprometendo a comunicação e a qualidade de vida do indivíduo. Acomete qualquer idade.

Linguagem

É a especialidade que trabalha com os aspectos que envolvem a comunicação oral e escrita. O seu desenvolvimento dá-se desde a infância até a idade adulta. Pessoas com problemas de comunicação (expressão e compreensão = afasia) podem ter dificuldades na sua integração social e profissional.

Motricicidade

Nesta especialidade, o fonoaudiólogo habilita/reabilita funções relacionadas a respiração, sucção, mastigação, deglutição, expressão facial e articulação da fala, propiciando melhores condições de vida e de comunicação.

Voz

Representa a identidade do indivíduo, pois expressa seus sentimentos. É produzida pelas pregas vocais e quando estas não funcionam adequadamente, a voz é alterada, podendo ficar rouca, abafada, soprosa, comprometendo o trabalho e a vida pessoal. O fonoaudiólogo previne, avalia e trata os problemas da voz (disfonias), e ainda aperfeiçoa os padrões vocais.