Posts

Entenda a importância de cuidar da saúde mental na quarentena

Quando pensamos em cuidados com a saúde, logo nos vem à cabeça coisas como mudar a alimentação, praticar exercícios físicos, ir ao médico ou até mesmo cuidar mais da aparência.

A saúde mental, no entanto, é tão importante quanto, porém não costuma receber a devida atenção. Em tempos de quarentena, especialmente, é importante que tenhamos um cuidado redobrado para que estejamos mentalmente saudáveis e preparados para ficar tanto tempo ‘presos’ em casa.

De acordo com Pedro Augusto Cruz, professor de psicologia, a definição de saúde mental “está relacionado ao uso sadio de nossas faculdades mentais, de modo que não se encontrem em estado se passividade e nem de sobrecarga”.

Ou seja, apesar de acharmos que apenas a sobrecarga é prejudicial para a nossa mente, a passividade e a falta de atividades também podem fazer mal. Por isso, em tempos de quarentena, quando nos vemos sem muitas maneiras de estimular a mente, é importante tomar um cuidado redobrado com a saúde e o bem-estar mental.

Dentre os passatempos mais acessíveis para manter o cérebro ocupado durante a quarentena estão os livros, filmes e música. Apesar de parecer pouco, estes três hobbies oferecem uma infinidade de opções de entretenimento. A leitura, especialmente, é uma ótima opção para estimular a mente.

Além disso, é claro, é importante se manter conectado com a família, os amigos e pessoas amadas. Para isso, faça ligações de vídeo ou voz, já que as mensagens de texto não costumam ser tão gratificantes pois são passam a sensação de um contato tão direto.

Outra dica é aproveitar esse tempo para aprender coisas novas, como receitas e hobbies. Olhar álbuns de fotos antigas, coleções de quando era criança e reviver memórias também é uma boa opção.

Também é essencial saber filtrar a quantidade de informações ruins que são absorvidas. Em tempos de pandemia, a quantidade de notícias ruins é cada vez maior, e por isso é importante saber dosar. Afinal, entrar em pânico dentro de casa não vai adiantar nada, além de ser prejudicial à sua saúde mental.

Para quem já convivia com problemas de saúde mental pré-pandemia, é indispensável que o acompanhamento psicológico e psiquiátrico continue sendo feito, mesmo que de maneira remota. Afinal de contas, um período tão difícil como esse só serve para complicar ainda mais as coisas.

Em resumo, é importante que nos mantenhamos ativos (dentro do possível) mental e fisicamente. O cultivo de hábitos saudáveis é, mais do que nunca, indispensável para que encaremos esse período tão difícil sem maiores dificuldades.